Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Iberdrola investe 32 mil milhões de euros nos próximos cinco anos

Denis Doyle / Getty Images

A elétrica espanhola irá reservar 37% do seu investimento global às energias renováveis e nesta fatia inclui-se o investimento que a Iberdrola está a fazer em Portugal no complexo hidroelétrico do Alto Tâmega.

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O grupo espanhol Iberdrola traçou para o período de 2018 a 2022 um plano que contempla investimentos totais de 32 mil milhões de euros, dos quais 11,5 mil milhões de euros serão na área das renováveis. Do investimento reservado às energias limpas 10% dizem respeito a Portugal, para a construção do complexo hidroelétrico do Alto Tâmega.

As três barragens que a Iberdrola está a construir no Tâmega terão uma potência total de 1.158 megawatts (MW) e estarão dotadas de equipamentos de bombagem, que permitirão devolver água às albufeiras para mais tarde voltar a produzir eletricidade.

O investimento que a Iberdrola tem em curso em Portugal é um dos maiores do grupo na área das renováveis, que tem em marcha projetos com uma potência total de 5600 MW. Além de Portugal, a Iberdrola está a construir 860 MW de capacidade eólica e solar nos Estados Unidos, 470 MW nas duas tecnologias em Espanha, outros 1200 MW destas duas fontes no México, 1200 MW de potência hídrica e eólica no Brasil e ainda 714 MW de eólica offshore no Reino Unido.

O plano de investimento global da Iberdrola, no montante de 32 mil milhões de euros para os próximos cinco anos, está concentrado nos negócios de redes de energia (50%) e renováveis (37%), estando ainda previstos investimentos na produção termoelétrica e na comercialização (13% do plano).

O plano revelado esta quarta-feira pela elétrica espanhola prevê que em 2022 a Iberdrola esteja a lucrar entre 3,5 e 3,7 mil milhões de euros por ano, a partir de um EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) de 11,5 a 12 mil milhões de euros. Números que equivalem ao triplo dos ganhos que o grupo EDP tem atualmente.

Nos próximos cinco anos a Iberdrola espera distribuir aos seus acionistas 12 mil milhões de euros em dividendos.