Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Finanças reabrem em 2018 cursos que garantem emprego direto no Estado

Congelados desde 2015, os cursos de gestão pública para licenciados com ou sem experiência profissional e que dão acesso a cargos estatais em diversos serviços vão ser este ano relançados pelas Finanças

Vai ser relançado o Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública (CEAGP), dirigido a licenciados com ou sem experiência profissional, que dá acesso direto a emprego em vários serviços do Estado, que estava suspenso desde 2015. A notícia foi avançada hoje pelo jornal Público, tendo o Expresso confirmado junto do Ministério das Finanças que os cursos do antigo INA, o Instituto Nacional de Administração (atualmente Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas) vai reabrir em 2018, embora ainda sem data confirmada.

Com um ano de duração, este curso envolve o pagamento de uma propina de 5 mil euros, e no final da formação garante a entrada direta em vários serviços do Estado, no quadro de carreira geral de técnico superior, sendo que a nota final terá de ser igual ou superior a 12 valores.

O curso do CEAGP está aberto a licenciados com ou sem experiência profissional e também a funcionários públicos, neste último caso em regime de comissão de serviço.

Última edição colocou 200 pessoas em diversos serviços

Segundo o Ministério das Finanças, o Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública "é um instrumento privilegiado de recrutamento de trabalhadores com perfis de competências diferenciados e com particular potencial de adaptação às novas realidades da administração pública", e a reabertura na nova edição do curso insere-se no objetivo do Governo de "incrementar o alinhamento deste instrumento com as necessidades dos serviços". O Ministério das Finanças adianta também que a última edição do curso teve 200 vagas, "estando todos os formandos colocados nos diversos serviços".

Criado em 2000, o curso estava inicialmente aberto a pessoas com todo o tipo de licenciaturas, mas atualmente o critério que prevalece nas vagas com os diplomados do curso do CEAGP é o levantamento da necessidade de trabalhadores qualificados em diferentes áreas da administração pública.