Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Diretora-geral do FMI diz que Portugal é “excelente exemplo” e encoraja a continuar “caminho positivo”

ALESSANDRO BIANCHI / Reuters

Christine Lagarde deixou em Davos grandes elogios à evolução económica de Portugal

No dia em que Portugal antecipa ao Fundo Monetário Internacional (FMI) um pagamento de 800 milhões de euros, Christine Lagarde, diretora-geral daquela instituição, reuniu-se com o primeiro-ministro, António Costa, em Davos, na Suíça.

"Portugal é um excelente exemplo de um país que se comprometeu a transformar a sua economia e agora está a colher os benefícios sob a forma de um crescimento renovado, queda do desemprego, acesso sustentado ao mercado e pode pagar a maior parte do seu empréstimo do FMI antes do cronograma. Encorajo-os a continuar neste caminho positivo para Portugal ", afirmou Lagarde após o encontro.

Esta foi a segunda vez que António Costa se encontrou com a francesa diretora-geral do FMI no âmbito do Fórum Económico Mundial, repetindo assim a reunião que teve no ano passado.

Na segunda-feira, em Bruxelas, o secretário de Estado das Finanças anunciou que Portugal efetuará o pagamento antecipado de 800 milhões de euros ao FMI, concluindo assim o reembolso da tranche mais cara do empréstimo desta instituição. "Tive oportunidade de informar os meus colegas do Eurogrupo de que Portugal ia fazer o pagamento dos 800 milhões de euros do empréstimo do FMI que correspondem à parte final daquilo que era a autorização concedida, mas também daquilo que era o empréstimo em condições menos favoráveis", anunciou Ricardo Mourinho Félix, em declarações aos jornalistas após a primeira reunião do Eurogrupo presidida por Mário Centeno.