Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Autoridade da Concorrência investiga compra de ativos da Repsol pela Rubis

Regulador teme “entraves significativos” à concorrência no fornecimento de GPL na Madeira e nos Açores

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A Autoridade da Concorrência (AdC) abriu uma investigação aprofundada à compra do negócio de distribuição de gás da Repsol nos Açores e na Madeira por parte da Rubis, informou a AdC em comunicado.

O negócio que a Repsol decidiu vender à Rubis inclui o fornecimento de gás de petróleo liquefeito (GPL), canalizado, gás a granel e gás de garrafa nas regiões autónomas.

A decisão da AdC de passar a operação para uma investigação aprofundada prende-se com as preocupações de concentração que o negócio suscita, devido ao facto de o fornecimento de GPL nas ilhas ser hoje dominado por três operadores, a Galp, a Repsol e a Rubis. O negócio anunciado reduzirá a concorrência nas regiões autónomas a dois operadores.

A AdC teme que a operação provoque "entraves significativos à concorrência efetiva naqueles mercados". No limite, o regulador pode proibir a concretização do negócio.