Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Prazo para entrega de IVA alargado até 15 de janeiro

Marcos Borga

Em causa estiveram “constrangimentos e problemas” registados nos últimos dias no portal das Finanças

O prazo para a entrega da declaração periódica de IVA e da Declaração Mensal de Remunerações (DMR) vai ser esta quarta-feira prolongado por mais cinco dias, até dia 15 de janeiro, segundo fonte do Ministério das Finanças.

A informação foi avançada pela bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC), na sua página de internet, mesmo antes de publicado o despacho do Governo que alarga aquele prazo.

Fonte das Finanças, em declarações à Lusa, explicou que o despacho vai ser esta quarta-feira publicado no portal da Autoridade Tributária.

No comunicado na página de internet da OCC, a bastonária, Filomena Moreira, explica que o adiamento se prende com "constrangimentos e problemas" sentidos nos últimos dias no portal das Finanças, criando problemas nomeadamente na submissão da declaração periódica do IVA e da DMR.

"Atendendo a que os problemas subsistiram, a Ordem solicitou ao Sr. Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais a prorrogação do prazo da entrega da DMR e da declaração periódica do IVA (regime mensal), pedido este que foi aceite", informa a bastonária, numa altura em que estão em curso as eleições para o próximo bastonário da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC).