Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bitcoin com B de bolha?

Dan Kitwood/GETTY

A criptomoeda ultrapassou 14 mil dólares e é o ativo com maior valorização a nível mundial desde o início do ano

A bitcoin — a mais importante moeda criptográfica — está a fazer furor neste final de ano. Os entusiastas chamam-lhe a grande disrupção na finança nos últimos dez anos, o ponto alto da atual revolução financeira alavancando a tecnologia desde que um desconhecido ou um grupo de programadores anónimos sob o pseudónimo Satoshi Nakamoto criou o domínio bitcoin.org em agosto de 2008. Os céticos e especialistas em história económica apelidam-na de ‘bolha’ dos nossos tempos, agora que “chegou à rua, quando o cidadão comum pergunta recorrentemente se é um bom investimento”, sublinha Tiago Pereira, analista do banco BIG.

A fama ganhou um empurrão este mês com o anúncio de que as duas maiores bolsas de derivados financeiros — a CBOE e a CME (da bolsa de Chicago) — vão começar a negociar futuros da bitcoin. Os investidores institucionais poderão começar a equacionar esta opção de investimento, agora que mercados reconhecidos e regulados vão entrar neste mundo. “A valorização a que estamos a assistir é reflexo da entrada desta moeda no mainstream, incluindo essa recém-anunciada negociação de futuros. A especulação financeira em torno da bitcoin é um aspeto de um sistema inteiramente novo que corresponde às expectativas de uma sociedade digital como a nossa”, refere-nos Filipe Boldo, fundador da Blockspot Media, uma empresa de media voltada para a tecnologia de segurança blockchain usada na bitcoin, e radicada em Coimbra.

Leia mais na edição impressa do Expresso de 08/12/2017

  • Don Tapscott, guru das moedas virtuais: “Esta vaga da bitcoin vai continuar”

    A internet evoluiu da área da informação para a área do valor graças à disrupção tecnológica trazida pela blockchain, uma tecnologia descentralizada de segurança que tem diversas aplicações (como as criptomoedas) e que ocupou a ribalta com a ‘bolha’ da bitcoin e de outras moedas digitais ao longo de 2017. A ‘internet do valor’ é o novo desafio em que o Governo português deveria basear uma economia de inovação, recomenda Don Tapscott

  • Esta terça-feira, o câmbio da bitcoin em dólares subiu 15,7%, a quarta maior subida diária de 2017. Subiu para 15760 dólares, depois de ter registado a maior queda diária do ano na sexta-feira. Analistas consideram que o pico do ano, perto de 20 mil dólares, já foi atingido e que a tendência é de descida