Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Irão acusa Israel, EUA e Arábia Saudita de fomentarem incidentes nas manifestações

EPA/STR

A Assembleia iraniana realizou uma sessão extraordinária para avaliar a situação do país, na sequência dos protestos dos últimos dias, que levaram a confrontos entre os manifestantes e a polícia

O parlamento iraniano acusou esta segunda-feira Israel, os Estados Unidos e a Arábia Saudita de fomentarem os distúrbios ocorridos nas manifestações contra a política económica do governo.

A Assembleia iraniana realizou uma sessão extraordinária para avaliar a situação do país, na sequência dos protestos dos últimos dias, que levaram a confrontos entre os manifestantes e a polícia.

Citado pela agência EFE, o porta-voz da comissão de Segurança Nacional e Política Externa, Naqaví Hoseiní, disse que “o povo do Irão não tolera que um grupo perturbe a ordem pública e cause danos”.