Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Os desafios de João Lourenço e a urgente despartidarização de Angola

MANUEL DE ALMEIDA / Lusa

Quais as principais tarefas políticas e económicas que o presidente de Angola tem pela frente. E como as vais conseguir fazer. Ennes Ferreira e Alves da Rocha analisam as primeiras semanas da presidência de João Lourenço. "Estamos perante uma nova cosa nostra ou 'será um anjo caído do céu'?"

Manuel Ennes Ferreira e Alves da Rocha defendem, em texto de opinião publicado na ultima edição do Expresso, que o Presidente de Angola necessita de tempo e de fôlego para conseguir resolver vários problemas políticos e económicos. Entre eles a despartidarização do Estado e a desgovernamentalização da economia.

Os dois professores universitários, questionam se a “voracidade” das recentes demissões serão “um sinal de controlo da situação dentro do MPLA ou, pelo contrário, um sinal de fraqueza”, ou seja, motivada pela necessidade de “agir rápido e em força com receio de ser ultrapassado ou manietado pelas reações e bloqueios do que ainda resta da entourage do ex-Presidente de Angola”.

  • Como está o início depois do fim?

    Ao desencadear uma ‘primavera angolana’, o novo presidente, João Lourenço, cortou as amarras impostas pelo seu antecessor e colocou sob o seu radar todos os grandes negócios da família de José Eduardo dos Santos