Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Agências de viagens portuguesas valem 18 Autoeuropas

João Carlos Santos

Sector da distribuição de viagens vale globalmente 3,2 mil milhões de euros, 2,1% do PIB, revela estudo da consultora Augusto Mateus & Associados

O sector das agências de viagens em Portugal tem um valor global de 3 mil e 242 milhões de euros, o que representa 18 vezes mais do que o valor gerado pela Autoeuropa ou quatro vezes mais do que a Petrogral em relação ao VAB (Valor Acrescentado Bruto), revela um estudo realizado pela consultora Augusto Mateus & Associados e divulgado no congresso da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), que decorre em Macau até 25 de novembro sob o tema "Turismo – a Oriente tudo de novo".

Encomendado pela APAVT à Augusto Mateus & Associados, o estudo mostra que o valor direto da distribuição turística portuguesa é de 1000 milhões de euros, 0,5% do PIB (Produto Interno Bruto), e considerando o efeito de arrastamento na economia este valor eleva-se a 1,8 mil milhões de euros. O valor global de 3,242 mil milhões de euros considera também as remunerações dos trabalhadores das agências de viagens, sendo um critério usado pelo World Travel & Tourism Council (WTTC) para calcular o valor gerado pelo turismo na economia dos diferentes países.

O estudo revela ainda que 50% das empresas do sector têm menos de cinco anos e que 30% do pessoal das agências de viagens tem qualificação superior, a taxa mais alta do país.