Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

18 mil pessoas fizeram reservas na Airbnb para a Web Summit

Plataforma mundial de reservas avança que os proprietários de alojamento local em Lisboa podem ganhar um rendimento extra superior a 1,5 milhões de euros nos três dias do evento

A Airbnb, plataforma mundial de reservas em casas e apartamentos privados, anunciou hoje que 18 mil pessoas utilizaram o seu portal para ficarem alojados em Lisboa nos dias da Web Summit, a conferência de empreendedorismo e inovação que se vai realizar de 6 a 9 de novembro no pavilhão Altice Arena da FIL.

A plataforma de reservas destaca que estes 18 mil hóspedes representam "cerca de 30% do total de participantes no evento deste ano", e avança que os 34 mil proprietários lisboetas que têm as suas casas ou apartamentos disponíveis na Airbnb "podem ganhar um rendimento extra superior a 1,5 milhões de euros durante os três dias do evento".

As receitas previstas pela Airbnb para os proprietários dos alojamentos privados em Lisboa são este ano superiores em 25% face ao que se verificou com a realização da Web Summit em 2016, e o número de hóspedes que fizeram reservas nesta plataforma está 20% acima dos 15 mil do ano passado.

A maioria das pessoas que fizeram reservas na Airbnb para a próxima Web Summit são originárias de França, Reino Unido, Alemanha, Estados Unidos, Holanda ou Brasil.