Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsas. Europa abre 'mista'. Madrid em terreno positivo

Em Madrid, o Ibex 35 abre firmemente em alta esta quinta-feira, depois de ter perdido mais de 5% durante a semana. Na bolsa de Lisboa, o PSI 20 regista ganhos. Frankfurt, Milão e Zurique no vermelho

Jorge Nascimento Rodrigues

Com trinta minutos de negociação, as bolsas europeias estão divididas na abertura desta quinta-feira. Madrid, Lisboa e Londres registam subidas, mas Frankfurt, Milão (pela terceira sessão consecutiva), Moscovo e Zurique estão no vermelho.

Depois de uma perda de mais de 5% durante a semana, em virtude do 'contágio catalão', o índice madrileno Ibex 35 regista ganhos de 0,8%, com apenas seis cotadas no vermelho, e os pesos pesados catalães em alta. O Conselho de Administração do Banc Sabadell poderá decidir esta tarde a mudança da sede de Sabadell na Catalunha para Alicante na comunidade Valenciana ou mesmo para Madrid, no sentido de manter o banco no âmbito do sistema do euro, antes que o Parlamento catalão ative na próxima semana o processo de declaração de independência.

Em Lisboa, o PSI 20 sobe 0,3%. Na bolsa transalpina, o índice milanês MIB regista quatro bancos com quedas acima de 1%. Em bolsas importantes como Amesterdão e Paris os índices oscilam em torno da linha de água.

Na Ásia, quatro bolsas importantes estão encerradas - as duas chinesas (Xangai e Shenzhen), Hong Kong e Seul. Tóquio e Sydney fecharam esta quinta-feira neutras. Taiwan encerrou com ganhos de 0,47%, mas Hanói e Mumbai estiveram em terreno negativo.

  • Madrid e Milão lideraram as quedas bolsistas nesta quarta-feira em que as praças financeiras foram afetadas pelo 'contágio catalão'. Bancos espanhóis e italianos registaram perdas significativas. PSI 20, em Lisboa, perde quase 1%