Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Galp é campeã nos contratos de eletricidade do Estado

João Carlos Santos

A Galp já assegurou desde o início do ano mais de €24 milhões em contratos para o fornecimento de eletricidade a instituições estatais, numa corrida que coloca a Iberdrola em segundo lugar, com 17 milhões, e a EDP em terceiro, com pouco menos de 5 milhões de euros

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O Estado é, para muitas empresas, um cliente apetecível. Não obstante alguns sectores terem problemas nos prazos de pagamento das suas faturas, como acontece com diversos hospitais públicos, a escala que as entidades públicas têm como consumidoras dos mais diversos bens e serviços é uma oportunidade para os grupos privados faturarem em grande. E o fornecimento de energia elétrica não é exceção.

Segundo as contas feitas pelo Expresso a partir da informação disponível no portal Base (que compila todos os contratos públicos), no que respeita a contratos de fornecimento de eletricidade ao Estado celebrados desde o início do ano, a Galp Energia é a campeã dos contratos com mais de €24 milhões adjudicados desde janeiro.

O segundo maior fornecedor de eletricidade a entidades estatais este ano é a espanhola Iberdrola, com quase 17 milhões de euros de faturação assegurada.

A EDP, que ainda é o maior fornecedor de eletricidade a clientes domésticos em Portugal, não vai além da terceira posição no que respeita aos concursos públicos de aquisição de energia elétrica, com €4,7 milhões adjudicados desde janeiro.

Uma outra empresa que tem vindo a ganhar algum espaço no mercado liberalizado, e que tem seguido com atenção os concursos públicos para fornecimento de entidades estatais, principalmente autarquias, é a PH Energia, a operar no mercado livre com a marca Energia Simples, e que conquistou este ano, até ao momento, mais de €2,5 milhões de euros.

Universidade do Porto deu o “Euromilhões”

Em termos absolutos, o maior contrato de fornecimento de eletricidade celebrado este ano, e registado no portal Base, foi a adjudicação feita pela Universidade do Porto à Galp, no valor de €10,99 milhões..

Este mega-contrato foi celebrado a 12 de janeiro e contempla o abastecimento de eletricidade durante três anos em baixa e média tensão a um conjunto de entidades que integram a Universidade do Porto.

A segunda maior adjudicação contemplou igualmente a Galp: a 31 de agosto, ou seja, há pouco mais de uma semana. O município de Leiria contratou àquela empresa o fornecimento de eletricidade durante um ano por €3 milhões, num processo concursal em que também participou a EDP Comercial.

O terceiro maior contrato público deste ano foi ganho pela Iberdrola, que a 24 de fevereiro acordou fornecer eletricidade durante um ano ao Estado-Maior do Exército por €2,85 milhões..

Entre as outras adjudicações milionárias de abastecimento de eletricidade feitas por entidades públicas desde o início do ano estão clientes como o Ministério da Economia (€2,65 milhões à Galp), o município de Vila do Conde (€2,56 milhões, também à Galp), o LNEC (€2,3 milhões, à Iberdrola), a Agência para a Modernização Administrativa (€1,9 milhões, à Iberdrola), a PSP (€1,15 milhões à Iberdrola) e o município de Cantanhede (€2,2 milhões à EDP).