Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Futuro do QE será decidido em outubro

Mario Draghi anunciou, esta quinta-feira, em conferência de imprensa, que "a maior parte das decisões" sobre o futuro do programa de compra de ativos será tomada na reunião de 26 de outubro

Jorge Nascimento Rodrigues

A "maior parte das decisões" relativas ao futuro do programa de compra de ativos, vulgo quantitative easing (QE), do Banco Central Europeu (BCE) será tomada na próxima reunião de 26 de outubro, confirmou, esta quinta-feira, Mario Draghi em conferência de imprensa, na sequência da reunião do conselho que decidiu manter o quadro e a estratégia da política monetária expansionista até final do ano.

No entanto, sublinhou que o conselho do BCE se mantém "relutante" em definir uma data concreta para uma decisão sobre o futuro do QE a partir de janeiro de 2018. Afirma, no entanto, que o conselho julga que poderá tomar "a maior parte das decisões" na reunião de outubro.

  • A reunião do conselho do Banco Central Europeu manteve as taxas de juro em mínimos históricos e reafirmou que o programa de compra de ativos, vulgo QE, se estenderá para além de dezembro "se necessário". Atenção vira-se, agora, para a conferência de imprensa de Mario Draghi pelas 13h30

  • A menos de duas horas do BCE divulgar esta quinta-feira as suas decisões da reunião do conselho que começou ontem, os juros das obrigações portuguesas no mercado secundário registam descidas. O euro está a valorizar-se face ao dólar há quatro sessões consecutivas