Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

E as ruas com as casas mais caras de Portugal são...

A Freguesia de Santo António, onde fica a Rua do Salitre, é uma das mais caras para comprar casa

Fernando Negreira

A Rua do Salitre, junto à Avenida da Liberdade, lidera o ranking

As ruas mais exclusivas do mercado português distribuem-se entre Lisboa, Cascais, Algarve e Porto, com a Rua do Salitre, na Freguesia de Santo António, na capital, a liderar o top das artérias com a habitação mais cara à venda em Portugal, segundo um levantamento feito pelo portal Idealista.

Os proprietários de casas desta rua de Lisboa pedem, em média, €2,9 milhões a quem quiser adquirir um dos seus imóveis. Ligando o Largo do Rato à Avenida da Liberdade, a Rua do Salitre termina na zona onde foi construído o Palácio Mayer, em 1899, que daria nome ao Parque Mayer, zona de animação noturna da capital durante todo o século XX, com vários teatros de revista, restaurantes e outras casas de diversão. Entre outros pontos referenciais está ainda o nº 66 da Rua do Salitre, onde funcionou durante mais de duas décadas a sede da Fundação Oriente, um palacete que foi entretanto vendido à multinacional chinesa Pavillion Group Hotels.

A medalha de prata deste ranking de luxo vai para a Avenida do Brasil, em Cascais, com um preço médio de €2,5 milhões, logo seguido do Loteamento Fonte Santa, em Quarteira, no Algarve, que ocupa o terceiro lugar (€2,45 milhões).

Segundo este estudo, o Porto surge na quarta posição, representado pela Rua das Sobreiras. Aqui, os preços médios para comprar uma casa situam-se nos €2,013 milhões. Segue-se a Rua Fernão Mendes Pinto, em Belém (Lisboa), com um valor de €1,9 milhões, e a Rua da Gazeta d’Oeiras (Oeiras), onde o preço médio da habitação de luxo ronda os €1,77 milhões.

No Estoril encontra-se a sétima rua mais cara, a Rua Dom Afonso Henriques, que conta com casas a um preço médio de €1,732 milhões. A lista das dez ruas mais caras completa-se com a Rua António Saldanha, em Lisboa (€1,68 milhões), a Avenida Marechal Gomes da Costa, no Porto (€1,65 milhões), e a Urbanização Vale do Lobo, no Algarve (€1,57 milhões).

Para a elaboração deste estudo, o portal Idealista analisou o preço médio absoluto de apartamentos e moradias anunciados na mesma rua. “Para evitar distorções nos dados, apenas se consideraram as ruas que contavam com um mínimo de dez anúncios. No entanto, este estudo só mostra os preços médios das ruas, o que não significa que sejam as casas mais caras de cada mercado”, explica-se no estudo.