Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Inflação mantém-se em julho em 0,9%

Lucí­lia Monteiro

Preços baixam no vestuário e calçado e sobem na habitação, água e energia

A inflação homóloga em julho manteve-se ao nível do mês anterior: 0,9%. Este valor traduz um mínimo anual da taxa de inflação.

De acordo com a informação divulgada esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), os preços no vestuário, calçado e transportes estiveram em queda e registaram evoluções negativas. A pressionar a taxa de inflação estão as despesas ligadas à habitação, água, eletricidade e gás e a atividades de lazer e cultura.

Comparando com junho, o INE destaca o contributo favorável do sector de vestuário e calçado (variação homóloga de -2,5%).

O indicador de inflação subjacente (que excluiu os produtos alimentares não transformados e energéticos) registou uma variação homóloga de 1,0%, uma redução de 0,1 pontos face a junho.

A variação mensal foi -0,7% (-0,4% em junho). A variação média dos últimos
12 meses ficou nos 1,1%, uma taxa idêntica à do mês anterior.

O índice harmonizado, calculado através de um cabaz igual para todos os países da União Europeia, registo o mesmo valor de junho (1,0%),inferior em 0,3 pontos. à estimativa do Eurostat para a área do Euro.