Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Venda de carros: Volkswagem cai, Mercedes sobe e Renault consolida liderança

O mercado automóvel nacional cresceu 7,5% em junho, com 29.127 veículos matriculados, o que fez aumentar para 7,8% o crescimento acumulado das vendas de janeiro a junho. A Renault destaca-se na liderança do mercado português, e a Mercedes ascende a nº 1 do segmento premium

O mercado português transacionou 148.422 veículos automóveis novos no primeiro semestre de 2017, o que traduz um crescimento homólogo de 7,8%. A francesa Renault lidera, com 22.124 veículos vendidos de janeiro a junho, crescendo 22,3% face a igual período do ano passado, revelam os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

A Mercedes é a marca premium mais vendida em Portugal, ocupando o quarto lugar das vendas, com 9.998 veículos matriculados de janeiro a junho, mais 6,8% que em igual período de 2016, refere a ACAP.

A segunda marca premium é a BMW, que ocupa o oitavo lugar do ranking nacional, com 8.232 veículos matriculados no primeiro semestre, o que corresponde a menos 1.766 matrículas que as registadas pelo concorrente Mercedes no mesmo período.

A Peugeot ficou em segundo lugar no semestre, com 15.100 veículos matriculados no mercado nacional, enquanto a Volkswagen regista uma quebra de 3,9% nas vendas semestrais, ficando-se pelos 10.775 veículos, contra 11.215 matriculados no primeiro semestre de 2016.

A Volkswagen também caiu nas vendas de junho, com 1.981 veículos matriculados, contra 2.042 registados em junho de 2016, o que corresponde a uma quebra de 3%.

A Fiat ocupa o quinto lugar do ranking nacional, registando um crescimento de vendas de 37% no mês de junho, com 2.179 veículos matriculados, contra 1.588 matrículas registadas em julho do ano passado.

No acumulado das vendas de janeiro a junho a Fiat cresceu 20,9%, com 9.809 matriculas, contra 8.110 registadas no primeiro semestre de 2016.