Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Presidente da Caixa Económica diz que aumento de capital reforça condições de negócio

José Félix Morgado afirma que o aumento de capital de 250 milhões de euros coloca os rácios do banco “ao nível dos melhores rácios do mercado e melhor que os rácios de alguns bancos de referência”

O presidente da Caixa Económica Montepio Geral, José Félix Morgado, disse esta sexta-feira à Lusa que o aumento de capital de 250 milhões de euros, integralmente subscrito pelo acionista, permite "o reforço das condições de desenvolvimento do negócio".

A Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) informou que realizou um aumento do seu capital institucional, o qual foi integralmente realizado pelo Montepio Geral Associação Mutualista (MGAM), "mediante a entrada de capital institucional, em numerário, realizado a 30 de junho de 2017 [hoje], no montante de 250.000.000 euros, perfazendo o capital institucional de 2.020.000.000 euros".

Este aumento de capital permite "o reforço das condições de desenvolvimento do negócio", disse o gestor, salientando que a Caixa Económica fica "com melhores rácios", colocando-os "ao nível dos melhores rácios do mercado e melhor que os rácios de alguns bancos de referência".

"Vai potenciar um melhor 'rating", acrescentou o presidente executivo.

José Morgado sublinhou ainda que "este reforço" do capital "foi feito pelo acionista sem recurso ao Estado".