Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Dona da Zara regista forte aumento de lucros e vendas

Inditex regista no primeiro trimestre uma subida de 14% nas vendas e 18% nos lucros

O conglomerado Inditex, com cadeias como a Zara, Bershka ou Massimo Dutti, permanece uma máquina, batendo recordes sucessivos.

No exercício de 2016, alcançara um novo recorde com uma receita de 23,3 mil milhões de euros, e os lucros a superarem pela primeira vez a cifra dos 3 mil milhões - o crescimento rondava os 10%.

Os indicadores do primeiro trimestre fiscal (fevereiro/abril) confirmam uma invejável prosperidade do grupo de Amancio Ortega, beneficiando da ofensiva expansionista das suas cadeias. As vendas somaram 5,6 mil milhões de euros, um crescimento homólogo de 14%. O lucro ficou em 654 milhões, uma subida de 18%.

93 aberturas em 2017

Desde o início do ano, a Inditex reforçou as redes com 93 novas lojas, em 30 países. No fim de maio, operava em 93 mercados e contava como 7385 lojas. A empresa gerou nos últimos 12 meses 10.668 novos empregos, um quinto dos quais em Espanha.

A Zara é cadeia do grupo da família Ortega com mais unidades (2070) e abriu em abril em Madrid a sua maior loja.

Espanha (1787), China (620) e Rússia (541) são os países com mais lojas da Inditex. Portugal surge no 6.º lugar (337).