Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

BCP lidera plano B para Caixa Económica Montepio Geral

Fundação BCP podia ser forma de contornar limitações dos estatutos

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

O BCP pode ser a opção para resolver o dossiê Montepio. O Expresso apurou que está a ser estudada a possibilidade de este banco entrar no capital da Caixa Económica Montepio Geral. Já houve inclusive contactos com o supervisor para perceber de que forma é que essa entrada poderia ser feita já que os estatutos do banco Montepio limitam a participação acionista a entidades dedicadas à economia social. A solução encontrada passaria por ser a Fundação Millennium BCP a entrar no capital e não o banco diretamente. Oficialmente o BCP desmente tal intenção.

O BCP não foi o único a pedir informações sobre o Montepio ao Banco de Portugal. Nos últimos meses tem sido constante o interesse demonstrado por vários bancos junto do supervisor. O elevado número de clientes e a quota de mercado que o Montepio possui são apetecíveis num cenário de consolidação. Um ex-banqueiro disse ao Expresso que o interesse do BCP faz todo o sentido, “mas depende muito do preço”. Até porque esta semana o Banco Popular acabou por ser adquirido pelo Santander por um euro mostrando mais uma vez que os bancos estão a ser avaliados muito por baixo.

Leia mais na edição deste fim de semana