Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal regressa ao mercado na próxima quarta-feira

O IGCP vai realizar dois leilões de dívida obrigacionista a 5 e 10 anos no dia 14 de junho. É a quinta operação de leilões duplos este ano

Jorge Nascimento Rodrigues

O Tesouro português vai regressar ao mercado obrigacionista na próxima quarta-feira. Na operação de 14 de junho, a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) vai realizar dois leilões de obrigações a 5 e a 10 anos com o objetivo de colocar entre 1000 e 1250 milhões de euros. Trata-se da quinta operação de leilões duplos este ano.

O IGCP vai reabrir as linhas de Obrigações do Tesouro com vencimento em 2022 e 2027, esta última lançada em janeiro através de uma sindicação. Nos dois leilões anteriores realizados em maio, o Tesouro pagou 1,828% no prazo a 5 anos e 3,386% na maturidade a 10 anos. No mercado secundário, as yields respetivas das duas linhas obrigacionistas registam esta sexta-feira 1,391% e 3,027%.

Nos oito leilões realizados nos cinco primeiros meses do ano, o IGCP colocou cerca de €4,8 mil milhões. Na operação sindicada em janeiro colocou €3 mil milhões.