Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Santander compra Banco Popular... por um euro

Jasper Juinen/GETTY

Compra obriga o banco espanhol a injetar 7000 milhões de euros no Popular. Filial portuguesa “passa a integrar o grupo do Banco Santander”, refere uma nota do Banco de Portugal, que salienta que esta medida não implica “qualquer alteração na atividade do banco português”

O Santander concretizou a compra do Banco Popular esta quarta-feira por um euro... mas ficou obrigado a fazer uma injeção de sete mil milhões de euros na instituição, de acordo com um comunicado enviado pelo Santander à CMVM espanhola.

Segundo a missiva, o Conselho Único de Resolução já “transferiu todas as ações e instrumentos de capital” do Banco Popular para o Santander.

“O Conselho Único de Resolução, na qualidade de autoridade de resolução competente no quadro da União Bancária, decidiu hoje proceder à venda do Banco Popular Español, S.A. ao Banco Santander, S.A., no âmbito de uma medida de resolução aplicada àquele banco espanhol”, anunciou também em comunicado o Banco de Portugal esta manhã.

O BdP informa ainda que a filial portuguesa do Banco Popular Español – o Banco Popular Portugal, S.A. – “não foi objeto de qualquer medida de resolução e está incluída no perímetro de venda, pelo que passa a integrar o grupo do Banco Santander”.

Para a instituição liderada por Carlos Costa, esta medida não implica “qualquer alteração na atividade do banco português”, que continua a operar com “total normalidade”, agora integrado num novo grupo bancário. “Esta solução não contempla financiamento por parte de organismos nacionais e protege as poupanças confiadas ao Banco Popular Portugal, assegura a continuidade dos serviços prestados em Portugal e do financiamento à economia”, lê-se na mesma nota.