Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Brisa também vai explorar restaurantes das autoestradas

Criou a marca Colibri Via Verde para designar os 13 espaços de restauração nas autoestradas que vai gerir diretamente, e onde vai investir 30 milhões de euros

A Brisa diversificou a sua atividade e entrou na gestão direta dos espaços de restauração das autoestradas. Das 25 áreas de serviço que tem nas suas concessões, há 13 que vão ser modernizadas e serão geridas diretamente pela Brisa sob a nova marca Colibri Via Verde. Ao todo, durante três anos, investirá 30 milhões de euros neste projeto, explicou ao Expresso uma fonte da empresa.

A primeira área de serviço que será modernizada e gerida sob a marca Colibri é a de Alcácer do Sal, na auto-estrada do sul (A2), que entra em funcionamento esta semana, na quinta-feira, 8 de junho. O projeto Colibri é desenvolvido em conjunto com a empresa Areas, pertencente ao Grupo Elior.

A modernização dos espaços de restauração inclui esplanadas, novas instalações sanitárias, fraldários e espaços infantis interiores, com diferenciação entre as zonas destinadas a paragens rápidas, e as zonas destinadas a paragens mais longas e esplanadas.

A exploração das 13 áreas de serviço modernizadas será feita pela Brisa Áreas de Serviço, que associa a Brisa e a Areas. Até ao fim de 2017, serão inauguradas mais duas unidades de restauração Colibri Via Verde, a primeira em Vendas Novas, na A6 – autoestrada Marateca/Caia, e a segunda em Barcelos, na A3 – autoestrada Porto/Valença.

A Areas recebe 330 milhões de clientes por ano nos seus 2.000 estabelecimentos, que operam em 13 países na Europa, EUA, México e Chile, instalados em aeroportos, estações de caminhos de ferro, áreas de serviço de autoestradas, recintos de feiras e centros de lazer.