Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Banco Montepio cai quase 8% em bolsa e lidera perdas no PSI-20

A EDP segue a perder mais de 3%, depois de conhecidas as suspeitas por práticas de corrupção e participação em negócio.

As unidades de participação da Caixa Económica Montepio Geral (CMEG) seguem esta segunda-feira a liderar as perdas na Bolsa de Lisboa, a descerem 7,69% para 0,60 euros, depois das recentes valorizações.

Na semana passada, só até terça-feira, 30 de maio, os títulos do fundo de pensões da CEMG tinham registado uma valorização de 46,23%.

Em 31 de maio, a CMEG disse em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que não tinha informação privilegiada que pudesse estar a influenciar os seus títulos em bolsa.

“A Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) informa que não tem, nesta data, qualquer informação privilegiada ou materialmente relevante que, em seu entender, possa ter influenciado de forma sensível a cotação ou o volume de transações de Unidades de Participação representativas do Fundo de Participação” ou que ainda “possa vir a influenciar”, disse o banco mutualista naquele comunicado ao mercado.

Hoje o Jornal de Negócios adianta que “A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa está mais perto de investir no Montepio” e que “estão a ser feitas diligência, com a ajuda de consultores”, para se perceber “como poderá ser feito um possível investimento na caixa económica e se o mesmo é favorável” à instituição presidida por Pedro Santana Lopes.

Além disso, realça o “conforto do Governo” com essa possibilidade.

Ainda segundo o Jornal de Negócios, Luís Marques Mendes, comentador da SIC que “dispõe habitualmente de informações sobre o sector bancário, disse que está em cima da mesa a aquisição de uma participação de até 10%”.

O PSI20, principal índice da bolsa em Lisboa, pedia pelas 12:33, 0,98% para 5.265,27 pontos, com dezassete títulos em baixa e dois a ganharem valor.