Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Supremo absolve Novo Banco de pagar a Ricardo Abecassis

O Supremo Tribunal de Justiça deu razão ao banco no despedimento do ex-quadro do BES

À terceira foi de vez. O Supremo Tribunal de Justiça considerou que o Novo Banco teve razão ao despedir Ricardo Abecassis em 2015 invocando justa causa. Esta decisão deixa cair qualquer tipo de indemnização. Em causa, está o facto de o Novo Banco ter chamado Ricardo Abecassis para Portugal na sequência da resolução aplicada ao BES em agosto de 2014 para desempenhar funções como quadro do banco e este nunca ter aparecido. O primo de Ricardo Salgado — ex-quadro do BES e antigo administrador do BES Investimento no Brasil e em outras operações no exterior — tinha conseguido convencer o Tribunal do Trabalho que tinha sido despedido sem justa causa e reclamava o pagamento de diferentes indemnizações. O Novo Banco recorreu para o tribunal da Relação que confirmou a ilicitude do despedimento, com um voto de vencido, embora tenha reduzido as indemnizações de €900 mil para €250 mil.

Leia mais na edição deste fim de semana