Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa de Lisboa abre em terreno negativo

Pelo segundo dia, esta semana, a Bolsa de Lisboa abriu em terreno negativo esta terça-feira acompanhando a evolução das bolsas europeia à excepção de Frankfurt. Entre as maiores quedas estão a Sonae Capital, Nova Base, Galp Energia e Jerónimo Martins

A Bolsa de Lisboa abriu hoje em terreno negativo, com o principal índice (PSI20) a cair 0,18% para 5.217,21 pontos, depois de ter fechado inalterado na sessão de segunda-feira.

A subir estavam as ações da REN (mais 0,21%) para €2,8190, a Pharol (0,38%) para €0,2660 e o BCP (0,13%) para €0,2280.

Entre as maiores descidas estava a Soane Capital a descer 0,68% para €0,8730, a Nova Base que subia 1,85% para €3,190 e a Galp Energia a recuperar 0,54% para €13,780, seguida da Jerónimo Martins a subir 0,29% para €17,3250. Também a EDP estava a cair 0,28% para €3,1860.

Pela segunda vez no espaço de uma semana, o principal índice da bolsa portuguesa encerrou inalterado na sessão de segunda-feira, um dia em que, das 19 cotadas que integram o PSI20, 12 subiram e sete desceram, com a REN a liderar as descidas e a recuar 5,53%.

As principais bolsas europeias encerraram maioritariamente em baixa: Milão desceu 2%, Madrid cedeu 0,19%, Paris recuou 0,08% e só Frankfurt registou uma subida de 0,21%, no fecho da sessão, enquanto a bolsa de Londres esteve encerrada por ser feriado.