Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsas de Nova Iorque registam novos máximos históricos

As duas bolsas norte-americanas estão em alta há seis sessões consecutivas. Os índices S&P 500 e Nasdaq fixaram esta quinta-feira novos máximos históricos. Índice de medo desce para perto de mínimos de mais de dez anos

Jorge Nascimento Rodrigues

As bolsas de Nova Iorque voltaram a fechar esta quinta-feira em alta pela sexta sessão consecutiva. Os índices S&P 500 e Nasdaq fixaram novos máximos históricos. No conjunto, o índice MSCI para as duas bolsas de ações dos Estados Unidos subiu 0,44%. O índice de volatilidade - também designado por 'índice de medo' financeiro - associado ao S&P 500 desceu para 9,99, perto do mínimo de mais de uma década de 9,56 registado a 9 de maio.

Em Wall Street, no NYSE, o índice Dow Jones 30 ganhou 0,34% e durante a sessão ficou próximo do máximo histórico. Ainda no NYSE, o índice S&P 500 fixou um novo máximo histórico atingindo 2415,07 pontos no fecho, com uma subida de 0,45%. Na bolsa das tecnológicas, o índice composto Nasdaq fechou em 6205,26 pontos atingindo um novo máximo histórico, tendo registado um avanço de 0,69%.

As bolsas europeias fecharam esta quinta-feira em terreno 'misto', com Atenas, Lisboa, Londres e Madrid a encerrarem em terreno positivo, e Frankfurt, Milão e Paris no vermelho. No entanto, o índice MSCI para as 127 principais cotadas das 10 principais praças da zona euro - MSCI Euro - encerrou a avançar 0,24%, depois de uma queda de mais de meio por cento no dia anterior. O índice PSI 20, da bolsa lisboeta, ganhou 0,59% e está há seis sessões consecutivas em alta. O índice Eurostoxx 50 - das cinquenta principais cotadas da zona euro - perdeu 0,12% e o índice Eurostoxx 600 - seiscentas cotadas em 17 países europeus representando os segmentos grande, médio e pequeno - caiu ligeiramente 0,06%.

A Ásia Pacífico encerou com ganhos de 0,75% e os mercados emergentes lideraram o dia com uma subida de 0,95%, segundo os índices MSCI respetivos. As bolsas de Xangai e Mumbai foram as que mais subiram na quinta-feira, com ganhos acima de 1,4%.

As bolsas mundiais tiveram, no conjunto, um dia positivo. O índice MSCI global subiu 0,42%, estando em alta há cinco sessões consecutivas.