Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Porque compramos tão pouco na internet

KIRILL KUDRYAVTSEV / AFP / Getty Images

Só um terço dos portugueses compra através da internet. A iliteracia digital e a pequena dimensão do mercado explicam atraso face à média da UE

Em pequenino, é o ‘papão’ que amedronta o português. Na idade adulta, um medo persiste: as compras através da internet. Portugal está na linha da frente dos países melhor apetrechados em infraestruturas de telecomunicações e dispõe de modernas redes móveis de 4ª geração e redes fixas de banda larga que cobrem praticamente todo o território. Mas continua com baixos indicadores de uso da internet, o que se traduz numa fraca utilização do comércio eletrónico.

Segundo a Comissão Europeia, 26% dos portugueses nunca usaram internet, quando a média europeia está em 14%. Como consequência, apenas 31% dos portugueses já realizaram compras através da internet, quando a média europeia é de 44% e nos países nórdicos ultrapassa os 83%. E também não será por falta de equipamentos: 70% dos portugueses têm acesso a computadores pessoais e 81% têm smartphone (telemóvel com acesso à internet). Como explicar o medo das compras online?

Leia mais na edição deste fim de semana