Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Soares da Costa tenta seduzir CGD

Construtora reformula plano de salvação e negoceia com credores

A Soares da Costa (SdC) vai apresentar para a semana um novo plano de recuperação. A administração está a trabalhar no novo guião de sobrevivência e voltou às negociações com os bancos, depois de o juiz ter chumbado o plano de viabilização aprovado à tangente (51%) pelos credores.
A construtora optou pela solução que se afigurava mais lógica: a reformulação do Plano Especial de Revitalização (PER), acomodando as objeções levantadas pelo juiz, em especial o tratamento desigual dos credores. A administração está a finalizar a nova proposta “incorporando as recomendações da sentença e refrescando os dados com os números de 2016, um exercício em que a empresa teve um desempenho operacional positivo”, confirmou ao Expresso o presidente executivo, Joaquim Fitas. O novo modelo “aproximará os cortes da dívida nos diversos mercados, sem comprometer a filosofia da proposta de recuperação”. E, nesta fase, “decorrem novas rondas negociais com os principais credores”.

A SdC está, todavia, refém da vontade do Millennium Atlântico, o banco angolano participado pelo BCP que, no âmbito do primeiro PER, se comprometia a injetar dinheiro fresco: um financiamento de emergência de €45 milhões, mais uma linha de €10 milhões para garantir a execução de obras. A “ligação especial” e a “relação mútua de confiança” leva a SdC a acreditar que o banco acolherá favoravelmente a nova versão.

Leia mais na edição deste fim de semana