Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

EDP corta acesso à Internet na sua rede para prevenir ataque informático

A empresa de eletricidade afirmou que tomou esta decisão em coordenação com a Polícia Judiciária e o Centro Nacional de Cibersegurança

A empresa de energia EDP cortou esta sexta-feira os acessos à Internet da sua rede para prevenir um ataque informático, e garantiu que não foi registado qualquer problema nos seus sistemas.

"Tendo em conta o ataque massivo que está a acontecer nas organizações na península ibérica, a EDP [...] decidiu cortar os acessos à Internet na sua rede, como medida preventiva, não tendo ainda registo de incidentes no parque informático da sua organização", disse à Lusa fonte oficial.

A empresa de eletricidade afirmou que tomou esta decisão em coordenação com a Polícia Judiciária e o Centro Nacional de Cibersegurança (CERT), organismo do Governo.

A Portugal Telecom alertou esta sexta-feira os seus clientes de que há um vírus perigoso ('malware') a circular na Internet, pedindo aos utilizadores que tenham cautela na navegação na rede e na abertura de anexos recebidos por correio eletrónico.

Contudo, ainda não foi possível obter mais informações de fonte oficial, isto quando clientes da empresa relatam que esta informa de que tem equipamentos desligados por precaução.

A multinacional espanhola de telecomunicações Telefónica foi já esta sexta-feira obrigada a desligar os computadores da sua sede central em Madrid, depois de detetar um vírus informático que bloqueou alguns equipamentos.

A imprensa espanhola noticiou que o vírus desconhecido provocou a paragem dos computadores afetados, ficando o monitor azul e tendo aparecido em alguns equipamentos uma mensagem a pedir o pagamento de uma quantia em 'bitcoins', uma moeda virtual desenvolvida fora do controlo de qualquer Governo.

O alegado ataque informático não atingiu os sistemas que controlam os serviços de Internet, telefone fixo ou telemóveis da Telefónica dos mais de 15 milhões de clientes em Espanha, asseguram fontes da empresa.