Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Acionistas do BCP votam entrada dos administradores escolhidos pela Fosun

Luis Barra

LinJiang Xu está proposto para administrador não executivo, enquanto João Nuno Palma, antigo administrador financeiro da Caixa Geral de Depósitos (CGD), vai desempenhar funções executivas

A proposta dos nomes escolhidos pelo acionista chinês Fosun, LinJiang Xu e João Nuno Palma, para integrar o Conselho de Administração do BCP é o ponto em destaque na assembleia-geral de acionistas que decorre esta quarta-feira no Taguspark, em Oeiras.

LinJiang Xu está proposto para administrador não executivo, enquanto João Nuno Palma, antigo administrador financeiro da CGD, vai desempenhar funções executivas.

Na segunda-feira, na conferência de imprensa de divulgação das contas do primeiro trimestre, o presidente do BCP, Nuno Amado, anunciou que o Banco Central Europeu (BCE) já autorizou que os dois administradores nomeados pelo acionista chinês Fosun, João Nuno Palma e Lingjiang, integrem a equipa de gestão do banco, faltando luz verde dos acionistas do banco.

Na agenda da reunião magna anual do banco estão também as contas do banco e a proposta de aplicação de resultados, bem como para a eleição da mesa da Assembleia Geral para o triénio 2017/2019.