Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Reembolsos de IRS estão a acelerar e já somam €495 milhões

Ministério das Finanças diz que a verba corresponde a 591.489 declarações

O Ministério das Finanças fez contas ao IRS e anunciou que até 2 de maio foram reembolsados 495 milhões de euros, correspondentes a 591.489 declarações dos contribuintes. Os números refletem "um aceleramento do processamento das declarações e, nos casos aplicáveis, da transferência do reembolso aos contribuintes", afirma em comunicado o ministério de Mário Centeno, numa referência ao IRS automático.

"O número de contribuintes já reembolsados é cerca de 15 vezes superior ao dia homólogo do ano passado, quando tinham sido reembolsados 38.568 contribuintes", sublinha a nota do ministério.

No total, até ao início do mês, foram processadas mais de um milhão de declarações, num trabalho que resultou, também, em 72 mil notas de liquidação e 337 mil declarações sem reembolso ou pagamento.

As declarações entregues no período em análise somam três milhões, um valor ligeiramente abaixo de anos anteriores, o que poderá ser explicado pelo prazo único para a entrega de declarações (1 de abril a 31 de maio), ao contrário do ano passado.

Quanto às declarações já entregues, 20% (599.485) correspondem a confirmações de IRS automático.

  • IRS: entregues 1,7 milhões de declarações, reeembolsos já começaram

    Ministério das Finanças refere que os primeiros três mil reembolsos relativos ao IRS automático foram processados no dia 11, tendo chegado à conta bancária dos contribuintes a partir da última quarta-feira. Treze dias depois do início da campanha, já 130 mil reembolsos haviam sido processados