Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal é o líder mundial no consumo de vinho per capita

Tiago Miranda

Portugueses são os que mais bebem: 54 litros per capita por ano, diz a Organização Internacional da Vinha e do Vinho. A China já tem 11% da superfície vitivinícola mundial

Os números são de 2015 e foram agora divulgados pela OIV - Organização Internacional da Vinha e do Vinho: No consumo de vinho, Portugal lidera o ranking mundial com uma média de 54 litros per capita, seguido de perto apenas pela França (51,8 litros). Quanto aos italianos, na terceira posição, bebem menos 12,5 litros por ano que os portugueses.

Feitas as contas ao consumo total por país, a liderança é dos Estados Unidos, com 31,1 milhões de hectolitros (11,9 litros per capita) e a França apresenta-se, mais uma vez, no segundo lugar (27,2 milhões de hectolitros), seguida de Itália (20,5 milhões), enquanto Portugal fica na 12ª posição e nos 4,8 milhões de hectolitros, um número que mantém em 2016.

Já a China destaca-se como o mercado com maior crescimento no consumo. Entre 2015 e 2016, a procura na China cresceu 6,8%, para os 17,3 milhões de hectolitros. Itália sobe, aqui, ao segundo lugar, com 5,3% e 22,5 milhões de hectolitros, e os Estados Unidos têm a terceira posição (2,5% e 31,8 milhões de hectolitros).

No mundo, o consumo de vinho em 2016 "está estável, à volta dos 242 milhões de hectolitros depois da crise económica de 2008", destaca a análise da OIV, que mostra uma subida dos 226 para os 250 milhões de hectolitros ente 2000 e 2008, seguida de uma queda para os 240 milhões no ano seguinte. E, desde então, o consumo mundial tem variado entre os 240 milhões e os 244 milhões de litros.

"O consumo diminuiu, principalmente entre os países consumidores tradicionais de vinho, mas subiu em novos mercados", destaca, também, a OIV, referindo que desde 2008 este indicador saltou 13% nos EUA e 7% na China.

A última conjuntura vitivinícola regional da OIV mostra que a superfície de vinha no mundo está estável, nos 7.5 milhões de hectares desde 2008 e 5 países representam 50% deste valor: Espanha (13%), China (11%), França (11%), Itália (9%) e Turquia (6%).

Portugal é o 11º produtor e o 9º exportador

Quanto à produção mundial de vinho, terá rondado os 267 milhões de hectolitros em 2016, abaixo dos 276 milhões de 2015, indicam as previsões da OIV, que atribuem a queda de 3% "às condições climáticas pouco favoráveis em alguns dos principais países produtores".

Neste ranking da produção, a liderança é de Itália (50,9 milhões de hectolitros), seguida de França (43,5 milhões) e de Espanha (39,3 milhões). Portugal aparece em 11º lugar, com 6 milhões de hectolitros, menos 15% do que na vindima anterior.

Na exportação, Portugal aparece no nono lugar em volume e 10ª em valor, com vendas ao exterior na ordem dos 2,8 milhões de hectolitros e 734 milhões de euros em 2016. Em quantidade. o líder mundial é a Espanha (22,3 milhões de hectolitros), mas em valor o comando é da França (8,2 mil milhões de euros). Em euros, a Espanha fica em terceiro lugar (2,6 mil milhões) e em litros a França desce, também, para a terceira posição (14,1 milhões). Já Itália tem a segunda posição nos dois casos, com 20,6 milhões de hectolitros e 5,3 mil milhões de euros.