Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Trabalhadores das empresas de distribuição em greve no domingo de Páscoa

Tiago Miranda

Sindicato dos Trabalhadores e Técnicos de Serviços, Comércio, Restauração e Turismo divulga pré-aviso de “greve à prestação de trabalho” e “contra a precariedade e reduções salariais” para os trabalhadores dos setores do comércio, escritórios e serviços,

O Sitese - Sindicato dos Trabalhadores e Técnicos de Serviços, Comércio, Restauração e Turismo divulgou esta quinta-feira um pré-aviso de greve para os trabalhadores das empresas de distribuição, com início às 00h e fim às 24h de 16 de abril, domingo de Páscoa.

Em comunicado, o Sitese declara "greve à prestação de trabalho" para os trabalhadores dos setores do comércio, escritórios e serviços, nomeadamente nas empresas filiadas na APED –Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição.

A greve decorrerá durante todo o domingo de Páscoa e tem como objectivo reivindicar o respeito pelo feriado nacional do domingo de Páscoa, pela conciliação da vida familiar com a vida profissional e pelo trabalho digno.

Além disso, o sindicato sublinha também que a greve "é contra a precariedade, as reduções salariais" e visa a defesa dos direitos dos trabalhadores, o respeito e exigência do cumprimento integral da negociação coletiva e o "fim imediato dos bloqueios à negociação coletiva".

"Pela defesa de um diálogo social assente no cumprimento efetivo dos compromissos assumidos e a assumir", lê-se na nota, que indica ainda que "no caso concreto, os serviços necessários à segurança e manutenção dos equipamentos e instalações são os habitualmente necessários nos dias de descanso semanal ou outros dias em que é suspensa a laboração".