Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal regressa ao mercado da dívida na 4ª feira

O IGCP vai realizar dois leilões de Obrigações do Tesouro com vencimentos em 2022 e 2025 no dia 12 de abril. O Tesouro pretende colocar entre 1000 e 1250 milhões de euros

O Tesouro português realiza dois leilões de dívida obrigacionista na próxima quarta-feira pretendendo colocar entre 1000 e 1250 milhões de euros.

As duas linhas de Obrigações do Tesouro (OT) que vão a leilão vencem em 2022 e 2025, informou esta sexta-feira a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP).

O IGCP já realizou este ano uma operação de sindicação em janeiro quando lançou uma nova OT para servir de referência a 10 anos e quatro leilões de obrigações a 8 de fevereiro e 8 de março.

Na operação de 8 de fevereiro, o IGCP colocou dívida com vencimento em 2022 tendo pago aos investidores uma taxa de 2,753%. O último leilão relativo à OT que vence em 2025 realizou-se em junho do ano passado, tendo, então, registado uma taxa de colocação de 2,859%.

O Tesouro optou por ainda não levar a leilão a nova linha de OT com vencimento em 2027 e que serve de referência a 10 anos. Na altura, em janeiro, na operação de sindicação, o IGCP pagou uma taxa de 4,227%. Entretanto, no mercado secundário, as yields dessa linha obrigacionista fecharam esta semana abaixo de 3,9%.