Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Política de preços no mercado livre é para manter, diz a EDP

Getty

Empresa, que está a lançar uma nova fatura eletrónica interativa, diz-se confortável com as tarifas vigentes

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O presidente da EDP Comercial, Miguel Stilwell, prevê que a empresa irá manter as suas atuais tabelas de preços de energia no mercado liberalizado, apesar de se confrontar com outros comercializadores que têm preços mais competitivos.

“Estamos confortáveis com a política de preços que temos este ano”, afirmou o gestor num encontro com a imprensa para a apresentação de um novo modelo de fatura eletrónica interativa.

Miguel Stilwell sublinhou que o nível de descontos aplicados pela empresa varia em função do custo de cada contrato, lembrando que um cliente que pague por multibanco tem um custo mais alto do que um que adira ao débito direto. A margem da empresa para baixar os preços, indicou, é curta.

Sobre o estado atual do mercado livre, onde a EDP tem 4 milhões de clientes, o gestor comentou que “tem sido muitíssimo bem sucedido”. A empresa espera este ano chegar aos 4,2 milhões de clientes de eletricidade no mercado livre em Portugal e aos 600 mil no gás natural.