Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Filial da Sony na China paga indemnização a empresa local por roubar patente

Em causa pagamento de 1,3 milhões de dólares (1,2 milhões de euros) a uma empresa local por ter roubado uma patente registada desde 2005

A filial chinesa do gigante tecnológico Sony terá de pagar 1,3 milhões de dólares (1,2 milhões de euros) a uma empresa local por ter roubado uma patente registada desde 2005.

Um tribunal de Pequim decidiu contra a Sony por violação da patente de Infraestrutura de Autentificação e Privacidade da Rede de WLAN (WAPI) da firma Xidian Jietong.

O WAPI é um padrão de segurança estabelecido pela China, em 2003, para garantir o acesso seguro às redes sem fios e que se aplica a todos os dispositivos móveis do país.

Segundo o tribunal, a firma Xidian Jietong patenteou, em 2005, o seu próprio sistema WAPI, que foi depois copiado pela multinacional japonesa.

A filial da Sony na China vai indemnizar a empresa "pelas perdas económicas derivadas do roubo da sua patente" e estará obrigada a suspender a produção e venda de todos os telefones móveis que contenham esta tecnologia cerca de 35 dos modelos da marca, segundo a Xinhua.

O caso foi levado a tribunal em 2015, depois das negociações entre ambas as empresas terem falhado.