Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Doze bancos dão condições especiais a investimentos turísticos

Vai ser assinado esta sexta-feira o reforço do contrato entre o Turismo de Portugal e a banca para apoiar projetos turísticos em condições especiais. Em 2016 foram financiados 83 projetos turísticos em €65 milhões

O Turismo de Portugal, através do seu 'braço' Portugal Ventures, sociedade pública de capital de risco, vai assinar a renovação do contrato com 12 bancos destinado a "apoiar projetos turísticos distintivos e inovadores", em condições especiais.

A Linha de Apoio à Qualificação da Oferta apoiou 83 projetos turísticos em 2016, com um valor de investimento associado de €133 milhões e um financiamento aprovado de €65 milhões. Os bancos envolvidos nesta operação são o BCP, Novo Banco, Santander Totta, BPI, CGD, Banco Popular, Montepio, Barclays Bank, Caixa de Crédito Agrícola Mútuo, Abanca, BPG e Banco BIC.

A renovação da Linha de Apoio à Qualificação da Oferta entre o Turismo de Portugal e os bancos vai ser selada na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), a maior feira do turismo português, que inaugurou quarta-feira na FIL para profissionais e que vai estar aberta ao público no fim de semana.

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, são presenças confirmadas no evento que vai assinalar o reforço da parceria entre o Turismo de Portugal e os bancos.

Segundo o Turismo de Portugal, a renovação desta linha de apoio visa "assegurar às empresas turísticas condições para o seu acesso a financiamento em condições de prazo e de preço adequadas às suas necessidades, sobretudo de médio e de longo prazo, melhorando o seu relacionamento com o mercado financeiro".