Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

2016. Ano de recordes para a cerâmica e a cristalaria portuguesas

783 milhões de euros de vendas ao exterior deram à fileira o seu melhor ano de sempre

Em 2016, as exportações portuguesas de cerâmica cresceram 6,3%, para atingirem um valor recorde de 701 milhões de euros. A cristalaria seguiu a mesma trajetória, com um crescimento de 12,3% nas vendas ao exterior, para os 82 milhões de euros, um número que também lhe dá um máximo histórico.

No ano passado, a cerâmica portuguesa chegou a 163 mercados, numa rota que tem os seus maiores clientes em França, Espanha e Estados Unidos, contribuindo com um saldo positivo de 573 milhões de euros para a balança comercial portuguesa, numa

Já a cristalaria nacional, que abarca objetos de vidro para serviços de mesa e cozinha, marcou presença em 118 mercados, tendo Espanha como principal destino, seguida da Holanda, Alemanha, França e Estados Unidos.

Em conjunto, a cerâmica e cristalaria lusas somaram 783 milhões de euros na frente externa, apresentando "o design, a qualidade, a aposta na inovação como atributos que têm pesado nestes valores",comenta José Sequeira, presidente da APICER - Associação Portuguesa dos Industriais da Cristaliaria, sublinhando que apesar da crise económica que afetou o sector e "da concorrência desleal de países terceiros, em particular dos asiáticos, não deixa ser admirável este valor recorde das exportações em 2016".