Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Luz Saúde vai abrir hospital em Angola no próximo ano

A empresa, controlada pelo grupo chinês Fosun, aponta para 2018 a abertura da sua primeira unidade de saúde fora de Portugal, a instalar em Luanda

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O grupo Luz Saúde prevê abrir a sua primeira unidade de saúde fora de Portugal já no próximo ano, revelando no seu comunicado de resultados anuais que “prossegue com o desenvolvimento de uma unidade privada de saúde em Luanda com abertura prevista em 2018”.

A criação de uma unidade de saúde em Angola é um projeto antigo da empresa liderada por Isabel Vaz, ainda do tempo em que a companhia pertencia ao Grupo Espírito Santo, mas a concretização desta aposta vinha sendo adiada.

Há cerca de dois anos o presidente da Fidelidade (seguradora controlada pela chinesa Fosun que detém a maioria do capital da Luz Saúde), Jorge Magalhães Correia, indicou que o objetivo do grupo era construir uma pequena unidade de saúde na capital angolana acoplada às instalações da seguradora.

No plano da internacionalização, desde que a Luz Saúde foi comprada pela Fosun (por intermédio da Fidelidade) que a empresa de Isabel Vaz vem estudando possibilidades de expansão fora de Portugal à boleia da presença da Fosun em vários pontos do globo.

Em 2016 a Luz Saúde sofreu uma queda de 20% no seu lucro, para 17,4 milhões de euros, motivada pela descida do EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações), de 60,7 para 52,1 milhões de euros, que a companhia justifica com um pior desempenho da parceria público-privada no hospital Beatriz Ângelo, em Loures.

A Luz Saúde reporta um aumento do custo com medicamentos resultante de um crescimento “muito significativo” na dispensa de fármacos para a oncologia e o tratamento do VIH. Além disso, a empresa foi penalizada por um aumento dos custos com pessoal, devido ao aumento do número de médicos em formação.

As receitas operacionais da Luz Saúde em 2016 tiveram, por seu turno, um crescimento de 6,4%, para 450,7 milhões de euros.