Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Acciona fornecerá eletricidade ao complexo petroquímico da Repsol em Sines

D.R

A elétrica espanhola, que detém em Portugal a central solar da Amareleja e vários parques eólicos, ganhou o concurso da Repsol Polímeros para o abastecimento de eletricidade deste ano

A empresa espanhola Acciona assegurou em Sines o seu maior contrato de venda de eletricidade em Portugal. A Acciona fornecerá a energia elétrica ao complexo petroquímico da Repsol, com um volume estimado de 165 gigawatts hora (GWh) no decurso deste ano.

A energia será fornecida pela Acciona a partir da sua carteira de ativos de fontes renováveis, permitindo à Repsol evitar a emissão anual de 158 mil toneladas de dióxido de carbono.

A Acciona Green Energy produz em Portugal 390 GWh por ano de eletricidade de origem renovável, a partir parques eólicos (120 megawatts de potência instalada) e da central solar da Amareleja (46 MW).