Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa de Turismo de Lisboa vai ter 4.000 ofertas de emprego

Pestana, Vila Galé, Sana ou Sonae Turismo, além de Penha Longa, Quinta do Lago ou Pine Cliffs são alguns exemplos de grupos que vão aproveitar a BTL, a principal feira do turismo português, para recrutar pessoal, a 17 e 18 de março

Começou por ter 1500 vagas de emprego confirmadas, que entretanto já se elevaram a 4000 - a Bolsa de Empregabilidade vai decorrer pelo segundo ano consecutivo na BTL (Bolsa de Turismo de Lisboa - que decorre de 15 a 19 de março na FIL) e nesta edição de 2017 de forma mais alargada.

São mais de duas dezenas de empresas de turismo que vão fazer ofertas de emprego na BTL, destacando-se grupos hoteleiros como Pestana, Vila Galé, Sana, Hoti, Hotéis Real, Turim, Penha Longa, Sheraton Cascais, Quinta do Lago ou Pine Cliffs - ou mesmo grupos ligados a 'hostels', como The Independente Collective.

Além dos grupos hoteleiros, também empresas de animação turística ou no sector das viagens vão aproveitar para recrutar pessoal na BTL. A Bolsa de Empregabilidade vai decorrer por dois dias consecutivos naquela que é a principal feira do turismo português, passando este ano para o Pavilhão 1, o espaço mais nobre da feira, e alargando-se a dois dias (17 e 18 de março).

"Tão importante como aumentar o número de ofertas de trabalho, é também o crescimento ao nível da participação das empresas", sustenta António Marto, secretário-geral da Associação Fórum Turismo 2.1, responsável pela Bolsa de Empregabilidade na BTL. "Grande parte das empresas que estiveram na edição anterior vão repetir a sua presença este ano, o que demonstra que esta Bolsa consegue canalizar bons recursos humanos para as empresas”, salienta ainda.

A Bolsa de Turismo de Lisboa prevê nesta edição de 2017 ultrapassar o recorde de 75 mil visitantes atingidos em 2016.