Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Março: O primeiro mês crítico de 2017

Agenda - As primeiras eleições do ano e duas reuniões de política monetária vão mexer com os mercados

O escaldante calendário eleitoral de 2017 começa este mês na Holanda, um país fundador do projeto europeu, subscritor dos Tratados de Roma, de março de 1957. O futuro da zona euro está suspenso do voto do eleitorado dos Países Baixos, onde um partido populista tem ganho projeção, a tal ponto que a maioria das sondagens do mês passado o colocam como o que recolhe mais intenções de voto. No caso de ser chamado a formar Governo, o risco de uma primeira saída do euro e de um segundo divórcio na União Europeia provocará uma onda de contágio negativo nos mercados financeiros e periféricos, como Portugal, que estarão na primeira linha de embate.

Leia mais na edição deste fim de semana