Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal realiza leilões de obrigações dia 8 de março

Portugal vai realizar dois leilões de Obrigações do Tesouro com maturidades em junho de 2020 e julho de 2026 no dia 8 de março. O montante indicativo global dos leilões situa-se entre os 1000 e os 1250 milhões de euros

Portugal vai realizar no dia 8 de março dois leilões de Obrigações do Tesouro (OT) com vencimento em 2020 e 2026, com o montante indicativo global entre os 1000 e os 1250 milhões de euros, anunciou esta sdexta-feira a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP).

"O IGCP vai realizar no próximo dia 8 de março pelas 10H30 horas dois leilões das linhas de OT com maturidade em junho de 2020 (OT 4,8% 15jun2020) e em julho de 2026 (OT 2,875% 21jul2026), com um montante indicativo global entre 1000 milhões e 1250 milhões de euros", refere o IGCP em comunicado no seu site.

A linha de OT a vencer em 2020 continua a servir de referência no mercado secundário para o prazo a 4 anos e a outra é, ainda, usada como referência a 10 anos, apesar do IGCP já ter lançado em janeiro uma nova referência com vencimento em 2027. O último leilão na linha que vence em 2020 foi realizado em julho de 2015 e o Tesouro pagou, então, uma taxa de colocação de 1,4232%. Na linha que vence em 2026, o mais recente leilão foi realizado em agosto de 2016 e o IGCP pagou, então, uma taxa de 3,027%.

Os juros da dívida soberana portuguesa a vencer em 2026 estão a subir esta sexta-feira, em linha com pares europeus, seguindo nos 3,99% (13H45), segundo dados da Bloomberg. Depois de um pico registado a 6 de fevereiro, fechando em 4,24% no mercado secundário, os juros têm-se mantido, desde então, abaixo de 4%.

O anúncio destes leilões já era esperado pelo mercado.