Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

EDP vende ativos eólicos à China Three Gorges

A participação em ativos eólicos em Portugal será vendida por 242 milhões de euros

A EDP Renováveis chegou a acordo com a China Three Gorges para a venda de uma participação em ativos eólicos em Portugal por 242 milhões de euros, disse esta segunda-feira a elétrica em comunicado ao mercado.

A venda será feita pela EDP Renováveis (controlada maioritariamente pela EDP, em 77,5%) ao ACE Fund (detido pela China Three Gorges) e diz respeito a uma “participação acionista representativa de 49% do capital social e suprimentos relativos a um portefólio de ativos eólicos por um preço global de 242 milhões de euros”.

O comunicado explicita que o “perímetro da transação abrange 422 megawatts de tecnologia eólica, localizados em Portugal, com uma vida média de 6 anos”, relativos ao projeto ENEOP.

Aquando da privatização da EDP, em que a China Three Gorges ficou com 21,35% do capital da elétrica, o memorando de entendimento assinado previa precisamente que o grupo chinês viesse a ter participações nos projetos da EDP, o que tem vindo a acontecer.

O comunicado divulgado refere precisamente isso, ao referir que “o acordo hoje alcançado insere-se no contexto da parceria estratégica estabelecida entre a EDP e a CTG, em relação ao investimento total de dois mil milhões de euros a efetuar pela CTG (incluindo cofinanciamento de investimento operacional) em projetos de produção de energia renovável operacionais e prontos a construir”.

Segundo a informação divulgada esta segunda-feira, o “preço global da transação, o Enterprise Value ("EV") implícito para 100% dos ativos, ascende a 707 milhões de euros”, sendo 494 milhões de capitais próprios e suprimentos e 213 milhões relativos a dívida externa.

Esta terça-feira são conhecidos os resultados da EDP Renováveis relativos 2016.