Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Berardo sobre Carlos Costa: “O homem que fez os offshores quando estava no BCP agora anda aí como um santo”

Joe Berardo fala sobre os milhões que perdeu enquanto accionista do BCP e revela que não está zangado com Jardim Gonçalves

Numa entrevista de vida à “Sábado”, Joe Berardo, empresário e coleccionador de arte, mostra-se indignado com o desfecho do caso BCP, banco onde garante ter perdido 'billions'.

"Até o Governador do Banco de Portugal (Carlos Costa), o homem que fez os offshores no BCP, agora anda aí como um santo", refere. "Como é possível que ainda hoje o Jardim Gonçalves receba 200 mil euros de reforma? Ele diz que não é dinheiro do banco, diz que comprou uma apólice de seguros para garantir a reforma (é paga através do fundo de pensões do BCP e de um contrato de seguros feito com a Ocidental). O banco pagou pagou aquela fortuna na altura e que se lixassem os accionistas", remata.

O empresário revela que nunca mais falou com Jardim Gonçalves, fundador e ex-presidente do BCP. "Mas não estou pessoalmente zangado com ele, não tenho tempo para estar zangado com pessoas", garante à Sábado, mostrando-se contente por saber que Jardim Gonçalves reza por ele. "Ainda bem, eu também mereço", remata Joe Berardo.