Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Galp garante ter produção rentável até com o petróleo a 25 dólares

Marcos Borga

Presidente da empresa diz que o futuro da Galp passará mais pela criação de valor em cada barril de petróleo do que pelo aumento dos volumes produzidos

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A Galp Energia estima que a sua produção de petróleo será rentável mesmo que o valor de mercado do barril de petróleo caia para 25 dólares, segundo revelou esta terça-feira o presidente da empresa, Carlos Gomes da Silva.

O gestor, numa apresentação a investidores que decorre em Londres, indicou que a Galp tem atualmente um "breakeven" operacional que fica abaixo dos 25 dólares por barril, graças aos esforços que a empresa e os seus parceiros de consórcio têm feito para baixar os custos de produção.

"Isto permite-nos ser resilientes num contexto de baixa prolongada dos preços", afirmou o presidente executivo da Galp, notando que "o cenário pode ser de queda por algum tempo, mas não o será para sempre".

Carlos Gomes da Silva referiu ainda que o futuro do negócio da Galp passará mais pela criação de valor do que pelo aumento de volumes. Na apresentação ao mercado desta terça-feira a Galp projeta até 2021 um crescimento médio anual de 15% a 20% da sua produção de petróleo, abaixo do crescimento de 25% a 30% que tinha sido perspetivado há um ano.

O presidente da Galp enfatizou ainda que dentro de cinco anos a empresa terá em operação o dobro de plataformas de produção face às oito unidades atuais (seis no Brasil e duas em Angola).

- O jornalista do Expresso viajou a Londres a convite da Galp