Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Indice de volume de negócios na indústria desacelerou em dezembro

Indicador sobe 5% em dezembro, menos 2,1 pontos percentuais do que um mês antes

O Índice de Volume de negócios na indústria registou uma subida homóloga de 5% em dezembro, a indicar uma desaceleração face aos 7,1% de novembro, anunciou esta quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O índice de vendas com destino ao mercado nacional cresceu 3,9%, também abaixo dos 5,6% de novembro, enquanto o índice relativo ao mercado externo teve uma subida homóloga de 6,5%, abaixo dos 9,1% registados no mês anterior.

Os números do INE mostram que "todos os grandes agrupamentos industriais apresentaram crescimentos homólogos", com percentagens de 4,2% nos Bens de Consumo, 1,4% nos Bens Intermédios, 10% nos Energia6% nos Bens de Investimento.

Já as vendas na indústria cresceram 2,8% no último trimestre, contra uma redução de 0,8% entre julho e setembro. Para o conjunto do ano, a variação média foi de - 0,9%, o que compara com uma subida de 1% em 2015.

Quanto aos índices de emprego e de remunerações, aumentaram 2,2% e 2,7%, respetivamente, enquanto a variação do índice de horas trabalhadas passou de -0,7% em novembro para 0,3% em dezembro.

Nos 12 meses de 2016, as variações médias anuais dos índices de emprego, remunerações e horas trabalhadas situaram-se nos 1,7%, 3,4% e 0,3%.