Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

BPI afunda com saída do PSI20 e perda de liquidez

Dois dias depois de o controlo de 84,51 do BPI ter passado para as mãos do espanhol Caixabank, as ações do banco fundado por Artur Santos Silva afundaram e já estiveram a perder mais de 25%

Está a ser um dia agreste para o BPI. O anúncio da retirada do banco do PSI20, o índice de referência da Bolsa de Lisboa, é uma das principais razões para que as ações do banco estejam a cair a pique, com uma perda que já ultrapassou os 25%. A meio da sessão, às 13:00, o BPI estava a desvalorizar 17,43%, para 0,8670 euros.

Com o controlo do Caixabank sobre o BPI a subir de 45,5% para 84,51%, a Euronext decidiu retirar o título do índice PSI

"Temos de ver a médio e longo prazo se a liquidez não for suficiente e se trouxer problemas... Teremos de estudar", declarou Gonzalo Gortázar.