Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bial vende negócio das vacinas antialérgicas à alemã Roxall

Alberto Frias

Em causa está um universo responsável por 7% das vendas da farmacêutica portuguesa em 2016

A Bial vai vender a Bial Aristegui, a sua unidade de negócio de imunoterapia alérgica, aos alemães da Roxall. Em comunicado, a empresa refere que a unidade de negócio em causa trabalha no desenvolvimento, produção e comercialização de vacinas antialérgicas e meios de diagnóstico para alergias, tendo representado, em 2016, 7% das vendas do grupo farmacêutico português.

A operação abarca as áreas comerciais dedicadas à alergologia em Espanha, Portugal e Itália, e a unidade de I&D e industrial de Bilbau, envolvendo 100 trabalhadores que serão integrados na Roxall, refere a empresa.

A justificar o negócio, a Bial, com vendas de 230 milhões de euros no ano passado, afirma que vai permitir a sua concentração "a investigação e desenvolvimento de novos medicamentos para o sistema nervoso central e cardiovascular, e a sua expansão internacional, em especial na Europa, com reforço da atividade de promoção de medicamentos através das filiais espanhola, alemã, inglesa e italiana.

"Esta operação vai permitir uma maior focalização nos nossos objetivos estratégicos", afirma o presidente executivo do grupo, António Portela, que tem em curso um programa de I&D com um investimento médio anual de 50 milhões de euros

Toda a atividade de investigação e industrial do grupo passa a estar concentrada em Portugal.

As operações da Bial na imunoterapia alérgica começaram em 1998, com a compra da Aristegui, em Espanha, o primeiro passo do grupo na sua estratégia de internacionalização.

Em Espanha, onde faturou 60 milhões de euros em 2016, a Bial mantém uma unidade de negócio de medicamentos com uma gama de produtos centrada na neurologia, medicina interna, cardiologia e saúde da mulher, e uma estrutura de 170 trabalhadores.

Fundada em 1924, a Bial tem os dois únicos medicamentos desenvolvidos em Portugal e está a comercializa-los em dezenas de países