Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsas europeias andam de lado. Dia 2 da era Trump

As bolsas europeias acordaram sem tendência definida nesta terça-feira, depois de na véspera terem descido. O BT Group afunda 14% devido à contabilização de mais perdas na unidade italiana

As ações europeias seguem esta terça-feira sem uma tendência definida, depois de na segunda-feira terem fechado no mínimo desde dezembro, num ambiente de cautela após a tomada de posse do novo Presidente dos Estados Unidos.

Os investidores aguardam por mais detalhes sobre as políticas que Donald Trump irá implementar, numa altura em que nos mercados já estavam incorporadas expectativas de um maior impulso da economia nos EUA. Wall Street fechou ontem em queda.

O índice Stoxx Europe 600 avança 0,06% enquanto em Lisboa o PSI-20 desce 0,08%. Os títulos de energia EDP e Galp seguem com ganhos respetivos de 0,65% e 0,37% depois das perdas de ontem. Também a Jerónimo Martins segue positiva. As ações do Millennium bco deslizam 1,79%, em linha com a queda dos direitos de subscrição ao aumento de capital do banco.

Na Europa, destaque para o BT Group que afundou 14% depois de anunciar que tem de contabilizar o triplo das perdas esperadas relativas à sua unidade italiana depois de uma investigação ter descoberto mais falhas contabilísticas naquela empresa e "comportamento inapropriado".

O índice MSCI Mercados Emergentes segue próximos de máximos desde outubro.

O ouro recua ligeiramente (0,4%) depois de ontem ter atingido o máximo de dois meses.